29 may. 2014

Os lares

A minha vida é así, em um segundo já não estou onde estava, mala as costas e a recorrer direções para abrir os meus propios caminhos.  Quando volto o olhar atrás esta cheio de recordos, de muito bons recordos e de pessoas inezqueciveis. Em cinco dias deixo as ilhas que forom o meu lar durante os últimos 9 meses, e isso é o pior de ser nómade ter que ir-te dos teus múltiples lares.  Haberá novos lares, haberá novas pessoas e recordos é fodido, e muito mais quando pasas de conhecer uma palabra a que se convirta em sentimento, podo adicionar as saudades ao caixón onde gardo a morriña. Obrigada portuguesitos, Obrigada Erasmus, Obrigada Ilhas de Bruma!

Voltarei!


https://www.youtube.com/watch?v=kpKpyBpcmnQ

No hay comentarios:

Publicar un comentario